“Advogado comenta julgamento no STF sobre lei complementar para cobrança da diferença de alíquotas do ICMS

“Apesar de votar de forma favorável aos contribuintes, o voto do ministro Dias Toffoli se mostrou extremamente preocupante ao modular os efeitos da decisão em relação à cobrança do Diferencial de Alíquotas do ICMS, para que o entendimento do Supremo Tribunal Federal somente opere efeitos a partir do exercício seguinte (2021)”,comenta Gustavo Vita Pedrosa para o portal Migalhas.

Artigo publicado no Portal Migalhas @portalmigalhas com comentário do advogado Dr. Gustavo Vita Pedrosa @gustavo.vita.pedrosa.

Conteúdo completo você encontra no: https://bit.ly/2Kucf8R

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Últimos Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *